A suspeita do ceratocone começa quando o paciente apresenta queixa de baixa visão e aumento progressivo do astigmatismo ou baixa visão mesmo com óculos. Nesses casos, muitas vezes o ceratocone já se encontra em um estágio evolutivo de moderado a avançado.

Atualmente, existem aparelhos mais específicos, capazes de detectar as formas iniciais do ceratocone (também chamados estágios subclínicos, quando o paciente ainda não apresenta sintomas importantes). Esses aparelhos são capazes de medir com extrema precisão a curvatura e a espessura da córnea, bem como seu grau de irregularidade.

A grande importância do diagnóstico precoce do ceratocone se deve as novas possibilidades terapêuticas, capazes de retardar a velocidade de progressão do ceratocone, como a nova técnica de crosslinking da córnea. O ideal é que seja feita uma avaliação em todos os familiares dos pacientes portadores de ceratocone, dada sua aumentada incidência familiar. Com o intuito de se detectar casos iniciais do ceratocone.

Dúvidas? Fale com o Dr. Marcelo no telefone:
(11) 3266-2686

Ou se preferir envie suas dúvidas pelo formulário abaixo.




Quer receber uma ligação do Dr. Marcelo?
SimNão

Data de Nascimento


* Preenchimento Obrigatório.